Projeto de iluminação de interiores

A iluminação, embutida no rebaixo de gesso do forro, lembra a forma de uma ameba; esse rebaixo está preso ao teto através de presilhas metálicas, seguindo um conceito modernista de metal e vidro ao longo da proposta. Paredes pintadas com estuque definem a área da boate, recurso adotado também nas portas do apartamento. Uma abertura pivotante compõe a porta do lavabo inferior, com batente em aço escovado, piso de Vidrotil e pia de Philippe Starck.

Para integrar os dois andares, a escada metálica, pintada de branco, é uma divisória natural dos ambientes de estar e jantar; os degraus em gra-nito cinza, dentro do requadro da chapa, dão uniformidade ao ambiente, Com corrimão em latão cromado, a escada se vale de fechamento abo-badado, com vidros bronze e estrutura de alumínio anodizado. O piso de ipê descolorido, a parede pigmentada de azul (com tela de Di Cavalcanti) e a iluminação arrojada (da Arquitetura da Luz) são complementados por mi-cropersiana metálica, da Columbia.

Esta entrada foi publicada em Luminarias e pendentes e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>